Análise de crédito

Saiba o que é e por que contratar um serviço de análise de risco

Por 2 de maio de 2017setembro 27th, 2019Sem comentários

Por que contratar um serviço de análise de risco? Esta é uma pergunta que, se não é feita, pelo menos passa pela cabeça de muitos gestores que já ouviram falar nesse serviço. E é natural que tal questionamento ganhe forma, até porque, pensando num primeiro momento, destinar recursos para um trabalho de cunho investigativo pode não ser uma prioridade em épocas de recursos limitados. Contudo, é preciso refletir melhor sobre esse aspecto para entendermos que, afinal, não se trata de algo supérfluo, dispensável, mas, sim, estratégico, primordial e eficaz para livrar sua empresa de uma dor de cabeça futura.

Para entender a importância da análise de crédito e risco em uma empresa, vamos relembrar o porquê de ela existir. Ao interagir com novos clientes, a sua empresa precisa ter a convicção de que eles de fato vão contribuir com os resultados em todos os aspectos. Isso significa ter um método de trabalho condizente com a estrutura que você possui, compreender os aspectos que envolvem a produção realizada e uma política empresarial alinhada à sua. Sem essas compatibilidades podem haver desentendimentos capazes que comprometer a fluidez dos trabalhos.

Por exemplo: você tem uma indústria produtora de peças de reposição para automóveis. Imaginemos que uma grande rede de autopeças busque a sua empresa para ser a nova fornecedora. No entanto, essa rede de autopeças tem por método de trabalho o atendimento em tempo reduzido a seus clientes, mas apenas compra as peças conforme surge a demanda. Porém, a sua indústria não tem o planejamento de produção focado em atender solicitações imediatas. A política de trabalho, portanto, é baseada na antecedência. Sem um prazo para a produção das peças, não é possível atender aos pedidos. Se uma análise de risco não for implantada, a produção na sua empresa ficará desajustada e, o cliente, insatisfeito com o serviço prestado. Resultado? Sua imagem arranhada, desentendimentos para pagamento dos produtos vendidos e dor de cabeça para as equipes administrativas na sua empresa.

Só que a análise de crédito e risco é ainda mais eficaz nas questões financeiras. Claro, essas discordâncias no método de trabalho acabam aparecendo numa investigação, mas não são o foco dela. O objetivo mesmo é entender se um novo cliente tem capacidade de pagamento ou, no caso de um cliente ativo, se ele tem a possibilidade de aumentar o contrato. É arriscado determinar que um cliente é bom pagador só porque tem um histórico positivo. Vale lembrar que nem sempre a inadimplência acontece por má-fé. Muitas vezes, o gestor não tem um olhar amplo sobre a situação e acaba comprometendo mais do seu caixa do que efetivamente teria condição de fazê-lo. Nesse cenário, a sua empresa não pode arcar com as consequências dessa visão.

Entenda por que contratar um serviço de análise de risco por meio de uma comparação

Acabamos de expor algumas situações que comprovam a necessidade da análise de crédito e risco em uma empresa. No entanto, é possível perguntar ainda: por que ser tão seletivo ao aceitar novas demandas e mais clientes se a empresa está querendo crescer e aumentar os ganhos? Para responder a essa pergunta, vale utilizar outro exemplo, bastante recorrente no dia a dia corporativo: o recrutamento de funcionários.

Para dar vazão à produção e fazer as atividades acontecerem, uma empresa precisa de colaboradores dedicados e comprometidos. Vez ou outra, seja por aumento na demanda, seja pela saída de algum funcionário, a empresa vê a necessidade de contratar. Diante dessa lacuna a ser preenchida, o que o setor de Recursos Humanos faz? Aciona o primeiro candidato? Contrata qualquer pessoa que se dispõe a trabalhar? Seleciona um indivíduo que se diz empolgado e animado em executar as tarefas? Bem sabemos que não é assim que funciona, concorda?

Existe uma técnica e um cuidado, porque todo gestor sabe que o custo de contratar um colaborador é bastante alto e fazer a escolha errada pode custar caro para a empresa, tanto financeiramente quanto em relação à produtividade. Por isso, mesmo havendo poucos candidatos, é avaliado o perfil deles, realizam-se dinâmicas, entrevistas em grupo e testes, exige-se documentações que comprovem a formação dele e a adequação necessária à vaga, entre outras iniciativas. Depois de todos esses processos, e tendo a confiança de que a melhor pessoa foi selecionada para atender às demandas da empresa, o novo colaborador é contratado.

E por que esse exemplo se assemelha de alguma maneira à análise de crédito e risco? Em uma vaga de trabalho, não é porque há a urgência em atender a uma vaga em aberto, que está impactando na produção e sobrecarregando os profissionais que já atuam naquela área, que o gestor vai contratar qualquer pessoa. É preciso cuidado porque disso depende o lucro. Da mesma forma, não é porque a empresa quer expandir os ganhos, ter recursos para crescer e desenvolver novos projetos que vai atender a todos que buscam seus produtos e serviços sem o mínimo de cuidado.

Nesse último caso, a consequência de uma decisão errada pode ser ainda mais catastrófica, pois vai envolver outros custos para recuperar o retrabalho (em caso de clientes difíceis, que buscam defeitos em tudo o que é entregue) e, principalmente, a inadimplência.

Tendo em vista tudo o que expusemos até aqui, invista no futuro da sua empresa! Observe com critério todos os novos contratos e cerque-se de cuidados para evitar perdas. Afinal, se um novo cliente ou demanda não estiver vindo para somar e trazer resultados, não há muito sentido em fazer um novo negócio.

Se a sua empresa precisa de auxílio com a análise de novos contratos, nós aqui na Valorem estamos disponíveis para ajudá-lo. Nossa expertise nesse serviço garante mais segurança no fechamento dos contratos da sua empresa. Se quiser conhecer melhor essa atividade, você pode falar com a gente ou baixar um e-book exclusivo que preparamos explicando a análise de crédito e risco em detalhes. Faça o download e aproveite!

Comente