Investimentos

O que é FIDC? Saiba mais sobre este fundo e conheça seus benefícios

Por 14 de agosto de 2018setembro 4th, 2020Sem comentários

O que é FIDC? É a sigla para Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios, também chamado de fundo de recebíveis. Trata-se de uma aplicação em renda fixa constituída por uma estrutura operacional, que garante a segurança do investidor. O lastro do investimento é garantido pelos recebíveis comprados pela gestora do fundo, que transforma esses títulos de dívida em cotas para o FIDC.

O investimento é considerado uma das opções mais vantajosas e interessantes em renda fixa, sobretudo para quem procura uma aplicação que alie segurança com um retorno superior. Além disso, mesmo sendo renda fixa, não há prejuízo na rentabilidade, já que ela é atrelada a um determinado percentual do CDI e, por isso, corrigida mensalmente conforme a economia nacional.

O que é FIDC: entendendo sua origem

O FIDC chegou ao Brasil como uma ferramenta de securitização e captação de recursos, com o intuito de ampliar as opções de fundos existentes no país, atuando como alternativa ao modelo clássico de intermediação financeira, historicamente realizado pelos bancos comerciais. O objetivo é oferecer a possibilidade de acesso das empresas brasileiras ao mercado de capitais. Principalmente nos últimos seis anos, passou a ser visto como uma das apostas mais importantes no mercado de capitais do país.

Como funciona o FIDC?

Várias instituições participam do gerenciamento deste fundo, garantindo a transparência e a segurança dos investidores e o acompanhamento dos processos, que se iniciam com a captação de recursos com a compra de títulos de dívida das empresas. Essas dívidas (ativos) são transformadas em cotas, que podem ser das categorias sênior ou subordinada.

A cota sênior tem rentabilidade prefixada e preferência no valor do resgate ou amortização. Já a cota subordinada, como o nome sugere, está subordinada à sênior, de modo que o cotista retira o dinheiro apenas quando a cota sênior for resgatada. Se a rentabilidade do cotista sênior for maior que o esperado, o lucro do cotista subordinado também será superior.

O resgate varia de acordo com as características do fundo. Ele pode ser tanto de sistema aberto, no qual é possível acessar os ativos a qualquer momento de acordo com as regras do fundo, quanto fechado, que apresenta um prazo específico para resgate.

A rentabilidade varia de fundo para fundo, podendo ser influenciado pelos indicadores IGP-M do IPCA ou da taxa Selic. No entanto, as cotas subordinadas podem exceder o valor prefixado inicialmente em contrato, podendo ultrapassar 135% do CDI.

Potencialize seus investimentos com o FIDC Valorem

Agora que você já sabe o que é FIDC e entendeu como ele tem se mostrado uma excelente opção para quem busca investimento em longo prazo, precisa conhecer as outras vantagens que só o FIDC Valorem oferece ao investidor. Isso porque o nosso fundo é composto por uma grande variedade de recebíveis altamente pulverizados, de modo que as cotas de cada investidor não fiquem dependentes de um ou poucos recebíveis.

Assim, em caso de inadimplência, não há comprometimento da rentabilidade, resultando em um controle mais eficaz dos riscos. Além disso, na hora de fazer o resgate do dinheiro, o Imposto de Renda (IR) incide apenas sobre o que for sacado e, dessa maneira, os ganhos são otimizados, já que não há taxação pela totalidade dos rendimentos mantidos no fundo.

O FIDC Valorem também se diferencia do mercado em função de sua análise criteriosa dos títulos negociados, acompanhando periodicamente o cedente e o sacado, com o intuito de realizar o negócio com o menor risco possível. Além disso, os riscos são minimizados pelo fato de as cotas serem compostas por multicedentes e multisacados.

Para entender com ainda mais detalhes o que é FIDC e como o da Valorem se diferencia dos demais existentes no mercado, entre em contato com a nossa equipe e saiba como investir com a gente! Nossos profissionais estão à disposição para tirar suas dúvidas e ajudá-lo a encontrar a melhor rentabilidade para os seus investimentos!

Comente