Meios Eletrônicos de Pagamento

Megaliquidação de início de ano: como organizar esse tipo de evento

Por 13 de janeiro de 2020janeiro 22nd, 2021Sem comentários
Megaliquidação de início de ano

Muito antes de falarmos em Black Friday ou Semana do Brasil, o comércio brasileiro traz em seu calendário um espaço especial e já tradicional de vendas: a megaliquidação de início de ano. Podemos dizer que esse evento, que geralmente ocorre nas primeiras semanas de janeiro, é uma espécie de renovação, pois é o momento de liquidar com o estoque que está parado por algumas estações e abrir espaço para as novidades. 

Mas não é só isso. A megaliquidação de início de ano é também uma forma de movimentar as finanças do seu comércio em um período em que as pessoas não estão muito condicionadas a gastar. Essa época é considerada ruim para as vendas devido aos gastos que já ocorreram, como presentes de Natal e viagem de férias, e aqueles que estão por vir, como matrícula e material escolar, IPTU e IPVA.

Então, ao reduzir os preços de alguns produtos ou serviços, você acaba dando a oportunidade dos consumidores adquirem algo que não poderiam no seu valor normal. Porém, é preciso ter atenção na hora de criar essas possibilidades, para que seja interessante também para o caixa da sua empresa e você não saia no prejuízo. Para ajudá-lo nesse processo, elaboramos este artigo. 

Dicas para montar uma megaliquidação de início de ano eficiente

Para garantir que a sua megaliquidação de início de ano seja um sucesso e vantajosa tanto para você quanto para o seu cliente, separamos algumas dicas para ajudá-lo a preparar o seu comércio para um evento desse tipo. Confira: 

1 – Faça uma avaliação do estoque

Como o objetivo da liquidação é, normalmente, reduzir ou até acabar com os estoques de determinados produtos ― especialmente aqueles parados há bastante tempo ―, é importante fazer um inventário para saber exatamente a quantidade de mercadoria no estoque. A partir daí, é possível definir quais as melhores estratégias de venda, visando sempre informar o consumidor de forma clara e verdadeira. Não é possível dizer que haverá uma grande variedade de números se só sobraram os pares 35 e 38, certo?

E nunca use produtos recém-lançados em liquidações. Esses produtos devem ser aproveitados para aumentar a margem de lucro e reaver os investimentos em publicidade, por exemplo. Além disso, se forem lançados com preços baixos, na hora de cobrar o valor real, os clientes podem lembrar do valor menor já cobrado e ficarem menos dispostos a pagar o valor integral. 

2 – Calcule a margem de desconto

É importante ter em mente que liquidação não é sinônimo de prejuízo. Por isso, calcule com cuidado os descontos para não eliminar a sua margem de lucro. O percentual de abatimento vai depender do objetivo das vendas: se for limpar os estoques, não é um grande problema reduzir bastante o lucro, pois é possível recuperar depois; se for equilibrar o fluxo de caixa, é interessante manter uma margem que garanta renda; e assim por diante. 

E, claro, não tente enganar o cliente. Com a quantidade de informações disponíveis hoje em dia, fingir que está dando desconto só vai garantir pontos negativos para o seu negócio diante dos consumidores. Seja o mais transparente possível e, caso não seja possível reduzir o valor no patamar que você deseja, não o faça. A honestidade ainda é a melhor propaganda.

3 – Defina o período da megaliquidação de início de ano

Por mais que já esteja colocado que a promoção será em janeiro, as datas precisam ser mais específicas. O ideal é que ela tenha um tempo definido, com dia para começar e acabar. Caso contrário, perde sua característica de ser algo pontual e exclusivo e que o cliente deve aproveitar aquele momento para não perder uma boa oportunidade de compra. 

Se for o caso, é possível até fazer um horário especial de atendimento, como estender para o período noturno ou abrir extraordinariamente no sábado e domingo. Não esqueça de reforçar a equipe também. Geralmente, a megaliquidação de início de ano costuma reunir um grande público e o atendimento precisa ser ágil e focado nas particularidades do evento. 

4 – Prepare seu negócio para a liquidação e faça a divulgação

Sempre que uma atividade especial ocorrer é importante que a empresa esteja preparada para isso. Se você tiver uma loja, por exemplo, monte a vitrine chamando para a megaliquidação de início de ano e exponha os produtos que estarão em oferta. No caso de um e-commerce, separe um espaço no site para reunir os produtos com desconto e monte um banner bem chamativo para a home.

É importante também fazer uma divulgação à altura do evento. Lembre-se que esse tipo de promoção pode ser divulgado usando as ferramentas da internet, como as redes sociais e e-mails-marketing, mas também as mídias tradicionais, como panfletos e outdoors. A escolha vai depender do público que você quer atingir.

 

5 – Conte com uma boa solução de pagamento

Essa não é uma dica somente para a megaliquidação de início de ano, claro, mas se o seu comércio ainda não conta com uma solução de pagamento, ou você está pensando em mudar, este pode ser o momento ideal para investir em uma. A ValoremPay oferece soluções sob medida para as necessidade do seu negócio, com a melhor tecnologia para proporcionar mais segurança às transações, com controle para o seu caixa e mais opções para você e seu cliente. 

Para saber mais sobre as nossas soluções, acesse nosso site ou entre em contato com a nossa equipe. Temos um especialista sempre a postos para atendê-lo e tirar todas as suas dúvidas. Se preferir, também pode deixar um comentário no espaço abaixo. 

Comente