Gestão

Entenda a importância de uma gestão financeira eficiente

Por 24 de abril de 2019dezembro 17th, 2019Sem comentários
Gestão financeira

Você sabe dizer quanto dinheiro a sua empresa tem em caixa hoje? Quais são as maiores fontes de lucratividade ou, ainda, quais setores representam mais custos? Se não, é hora de repensar a gestão financeira no seu negócio! Essa disciplina é essencial para que você tenha mais segurança e controle de todas as finanças e alcance mais assertividade na tomada de decisão.

O que é gestão financeira e qual é a sua importância

É comum o pensamento de que, ao fechar o mês com saldo positivo no fluxo de caixa, tudo vai bem com a empresa. No entanto, esse resultado, assim como outros dados que parecem otimistas, pode mascarar números negativos e fazer com que o gestor tome decisões baseadas em informações que não revelam o panorama completo do negócio.

Justamente por isso a gestão financeira é tão importante: esse conceito engloba todas as avaliações, decisões e medidas realizadas com o objetivo de manter a saúde financeira de uma instituição e, é claro, de aumentar os rendimentos dela. Aqui, as atividades vão muito além de conferir o extrato bancário e checar se o saldo é positivo: é preciso planejar e analisar os resultados constantemente.

Como fazer uma gestão financeira eficiente

Para fazer uma gestão financeira eficiente, é importante utilizar algumas ferramentas que permitem o controle e a análise das finanças. O fluxo de caixa é uma delas, pois permite que o gestor tenha a exata noção de quais são os recursos que ele dispõe no momento da consulta ― desde que todas as entradas e saídas tenham sido registradas de forma correta e o controle esteja atualizado.

O DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício) é outro instrumento fundamental para a gestão de uma empresa. Ele também aponta os lançamentos, mas no exato momento em que acontecem e não apenas quando o pagamento é feito, como no fluxo de caixa. Isso é importante para que você entenda quando, de fato, ocorrem as movimentações no seu negócio.

O orçamento, por sua vez, é uma ferramenta essencial para toda instituição. Com ele, os gestores definem as ações que serão realizadas por cada departamento em determinado período, assim como os recursos que cada operação ou investimento devem demandar. Dessa forma, é possível ter uma estimativa consistente dos valores necessários para não haver surpresas e transtornos no futuro.

E além de todas essas ferramentas que citamos até aqui, outra medida indispensável para ter uma gestão financeira eficiente é desenvolver o planejamento estratégico. Esse documento reúne todos os objetivos e estratégias da empresa para o futuro e serve como um guia para que todos saibam o que fazer para o negócio alcançar os resultados desejados.

Por isso, ao utilizar o fluxo de caixa, o DRE e o orçamento, é fundamental que os dados sejam analisados com base no que prevê o planejamento. Assim, qualquer resultado diferente do esperado pode servir de subsídio para uma mudança de estratégia, enquanto os resultados positivos mostram que a empresa está no caminho certo para alcançar seus objetivos.

Vale ressaltar que para acompanhar esses resultados também é importante definir indicadores que analisem pontos importantes para as estratégias da empresa. Alguns exemplos são os indicadores que tratam da lucratividade, rentabilidade, qualidade e produtividade. Quando utilizados com frequência, eles podem antecipar prejuízos e gerar insights relevantes para o negócio.

Soluções que contribuem para a gestão financeira

Com base no planejamento estratégico e nas ferramentas que citamos neste artigo, tomar decisões que aumentem os rendimentos do negócio se torna uma atividade muito mais fácil e segura. E aqui estamos falando tanto de escolhas para colocar as finanças de volta nos trilhos quanto de soluções para aproveitar melhor um bom momento da empresa.

Na Valorem, nós oferecemos soluções para as duas perspectivas: a antecipação de recebíveis, por exemplo, é uma boa alternativa para antecipar recursos que você está para receber e, com isso, dar um fôlego para o seu fluxo de caixa. Já os investimentos em FIDC e em debêntures permitem que você aumente seus rendimentos com investimentos seguros e vantajosos.

Acesse o nosso site, conheça melhor as nossas soluções e veja como elas podem ajudar a otimizar a gestão financeira do seu negócio! E se você ficou com alguma dúvida sobre este assunto, deixe seu comentário no espaço abaixo ou entre em contato conosco!

Comente