Investimentos

Entenda a diferença entre debêntures do mercado e de securitizadoras

Por 30 de novembro de 2017setembro 27th, 20192 Comentários

Debêntures, como já falamos por aqui, são títulos de dívidas que as empresas emitem com o objetivo de captar recursos para alguma necessidade interna, como a ampliação da sede ou outra obra mais específica. Isto é, elas funcionam mais ou menos como um empréstimo, pois quem adquire torna-se um credor e o dinheiro investido rende de acordo com os juros periódicos estipulados no acordo. Por isso, elas são consideradas investimentos de renda fixa, o que garante mais segurança para quem investe. Mas é preciso muita atenção na hora de comprar os títulos para obter melhores rendimentos.

Por exemplo, quando falamos das debêntures do mercado, ou seja, aquelas que são negociadas pela Bolsa de Valores, é preciso um cuidado extra. Isso porque o investidor empresta recursos para determinado empreendimento, ou necessidade de captação de recursos de uma empresa. Vamos supor que uma construtora precise construir um acesso rodoviário à sua planta, mas não tem dinheiro suficiente. Então, pode recorrer à Bolsa de Valores, transformando essa dívida em títulos. Logo, o investidor que comprar, estará de alguma maneira emprestando esse dinheiro para a empresa. Assim, além de demorar para se ter um retorno do investimento, o retorno pode ficar comprometido caso a obra não seja concluída.

Por outro lado, as debêntures que são emitidas via securitizadoras são muito mais seguras e possuem riscos baixíssimos. Afinal, a securitização, como vimos aqui, é um processo de compra de recebíveis para transformá-los em investimentos. Dessa maneira, quando uma securitizadora compra a dívida de uma empresa, ela pode transformar o título em debêntures, dando a oportunidade de outros investidores adquirirem e lucrarem com um risco reduzido. O que torna essa operação tão benéfica ao investidor é que esse título não fica atrelado a apenas uma empresa ou um título de dívida. Neste caso, essa diluição dos recebíveis faz toda a diferença para quem investe.

Se você ainda ficou com alguma dúvida sobre este assunto, não tem problema! Nós temos um e-book que você pode baixar gratuitamente. Lá explicamos com mais detalhes como funciona cada um desses processos. Confira!

Na hora de investir em debêntures conte com a Valorem Securitizadora

Antes de investir é preciso analisar com muito cuidado os seus recursos e somente depois disso,  escolher a melhor maneira de fazer o seu dinheiro render mais. Para isso, você pode sempre contar com a gente. Somos especialistas em converter recebíveis (cheques e duplicatas) em títulos lastreáveis, gerindo o seu pagamento e antecipando à vista o crédito aos nossos clientes. Dessa forma, a segurança, a liquidez, a rentabilidade e a pulverização dos investimentos são garantidas de um jeito exclusivo. Entre em contato conosco e saiba mais!

Junte-se à discussão 2 Comentários

  • Alberto Junior disse:

    Boa tarde!

    Gostaria de saber em quanto estão remunerando os investidores.

    Possuo capital parado em Bancos e gostaria de maiores informações.

    Grato.

    Alberto Junior

    • Valorem disse:

      Olá, Alberto! Agradecemos o seu contato conosco.

      A remuneração dos investidores que aplicam conosco varia de acordo com a quantia de dinheiro destinada e ao período que permanece investida. Se você precisar de mais detalhes, pode entrar em contato conosco por este canal: https://www.valorem.com.br/contato/

      Ficamos à disposição.

Comente