Meios Eletrônicos de Pagamento

Saiba como vender pelas redes sociais e por que essa estratégia é positiva

Por 28 de janeiro de 2020janeiro 22nd, 2021Sem comentários
vender pelas redes sociais

Vender pelas redes sociais já é uma realidade e pode ser algo muito profissional. Atualmente, anunciar seus produtos em uma mídia desse tipo não caracteriza amadorismo e nem pode ser visto como informalidade. Trata-se de uma evolução natural do e-commerce que, diante da alta concorrência, provoca soluções criativas para encurtar os caminhos entre o cliente e a venda.

Por falar em e-commerce, vale ficar atento às oportunidades que essa modalidade oferece. Afinal, vender pelas redes sociais nada mais é do que aproveitar uma outra modalidade de comércio virtual. Logo, se o e-commerce mostra estar em um bom momento, ele pode ser aproveitado nos vários canais possíveis de serem trabalhados.

E ao que tudo indica o momento é bom, sim. Uma pesquisa do Google mostra que, até 2021, as vendas por e-commerce devem crescer em média 12,4% ao ano. A previsão é de que, em 2020, 50% das compras sejam feitas on-line. Isso significa que o início desta nova década vai marcar uma grande revolução no comportamento das pessoas: será o momento em que se venderá mais pela internet do que presencialmente.

Os benefícios de vender pelas redes sociais

O bom de desenvolver estratégias de vendas na internet é que há uma imensa possibilidade de técnicas para atração e conversão de consumidores. Isso porque tudo fica mais prático na rede e o mapeamento da preferência das pessoas é mais barato e facilitado. As ferramentas de big data, por exemplo, estão aí para isso.

Um dos recursos mais utilizados para atrair consumidores certamente são as redes sociais. Ambientes de grande interação e visitas dos usuários, esses canais estão entre os mais acessados da internet, além de serem local de partida para outros sites e ponto de encontro para diversas tribos, por meio de grupos, fóruns e comunidades.

Com essas características, o trabalho de definição das estratégias de comunicação fica facilitado, já que é possível identificar exatamente como alcançar o público-alvo das lojas on-line. O único porém é que, para os e-commerces, o usuário precisa ser motivado a sair da rede social e ir para o site. E do site, ainda vai precisar passar por toda a burocracia natural que antecede a compra.

Esse caminho, por mais prático e intuitivo que seja, exige muito planejamento. Isso porque, num contexto em que as pessoas querem as coisas com cada vez mais rapidez e praticidade, é bem provável que o cliente abandone a compra no meio do processo, dependendo do perfil que ele tiver. Vender pelas redes sociais, portanto, é uma forma de cortar etapas e diminuir as taxas de abandono de carrinho.

Além disso, vender pelas redes sociais permite à loja driblar a concorrência. Se você busca no Google “roupa para bebê”, por exemplo, já aparece uma imensidão de links patrocinados, lojas de todos os tipos, marketplaces e muito mais. Contudo, é bem possível que, antes de abrir o buscador, a pessoa tenha conferido as notificações no Instagram ou visto as lembranças do dia no Facebook.

Se lá, nas redes sociais, ela já tiver encontrado a roupa para bebê, pronto! A loja em questão já saiu na frente. E já pode até ter feito a venda, uma vez que, como dissemos, existe a possibilidade de vender pelas redes sociais com segurança e a praticidade que o seu cliente procura. Quer saber como? A gente conta para você!

Como funciona as vendas pelas redes sociais

Vender pelas redes sociais não se limita a oferecer o seu produto na página ou perfil da empresa e indicar o site da loja. Há uma forma mais direta de se fazer isso: em vez de conduzir o cliente ao e-commerce, fazer da própria rede social uma prateleira de produtos à venda.

Organizar isso é simples: basta você postar fotos dos seus produtos em uma publicação e até de pessoas usando ele ― o que acaba humanizando o post. Na legenda, coloque todas as especificações técnicas, condições de pagamento, regras para troca ou devolução e demais informações importantes. Ao fim do texto, insira o link para pagamento.

Ao acessar esse link, o cliente já vai direto para a página de pagamento. Ou seja, as etapas são encurtadas e você consegue fazer a venda no mesmo local que já usa para divulgar os seus produtos. Com essa técnica, o tempo que o usuário tem para refletir sobre a compra diminui, o que evita desistências comuns em processos muito demorados de finalização da venda.

Como você pôde notar, uma tecnologia de venda com link de pagamento é fundamental para que essa estratégia funcione. E ela pode ser aplicada em qualquer rede social e até mesmo no stories do Instagram, caso o seu perfil tenha ao menos 10 mil seguidores para que o story possa ter link.

Redes sociais substituem as lojas on-line?

Vender pelas redes sociais é um caminho muito inteligente para quem tem uma pequena iniciativa com uma base de clientes ainda modesta. Trata-se de uma alternativa econômica de aproveitar as oportunidades do e-commerce sem precisar investir, logo no início, em toda uma infraestrutura para abrigar a loja virtual.

Mas, mesmo para quem já está consolidado, vender pelas redes sociais é uma opção. Quanto mais canais de venda você tiver, melhor para seus resultados e para os clientes. Ou seja, utilizar esses canais para aumentar o faturamento é uma decisão benéfica para todos.

Entretanto, como dissemos, é importante que você tenha um meio seguro, confiável, testado e prático para garantir essa facilidade. Ter a possibilidade de vender com link de pagamento é o primeiro passo porque é essa tecnologia que vai viabilizar toda a estratégia. Contudo, para além disso, é essencial que você tenha um fornecedor de meios eletrônicos de pagamentos confiável.

Essa confiança envolve, além dos recursos técnicos, a possibilidade de gerenciar suas vendas em um portal exclusivo, de ter acesso às vendas conciliadas e também a um atendimento qualificado. Todas essas são características que a ValoremPay pode oferecer para você. Entre em contato conosco, conheça as nossas soluções e saiba como nós podemos auxiliar a sua empresa a vender mais e com mais qualidade!

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você. Compartilhe com seus colegas e, se houver alguma dúvida ou se existir alguma experiência interessante a ser compartilhada, fique à vontade para deixar o seu comentário no espaço abaixo.

 

Comente