Assessoria de cobrança

Como fazer a cobrança de clientes inadimplentes de forma correta

Por 19 de abril de 2017dezembro 2nd, 2019Sem comentários

Uma das tarefas mais difíceis em qualquer empresa é, sem dúvida, cobrar a dívida de algum cliente. Afinal, é um momento bastante delicado, exigindo muito jogo de cintura do profissional responsável para que todos sejam beneficiados na negociação.

 

Dessa forma, não é à toa que para fazer a cobrança de clientes inadimplentes é preciso ficar atento a alguns procedimentos que vão garantir a escolha das melhores soluções sem prejudicar o relacionamento entre os dois lados envolvidos.

 

E são vários os fatores que influenciam para que a cobrança seja feita de forma adequada. Horário, forma de contato, tom utilizado na conversa… Tudo isso é importante e faz toda a diferença para sua empresa manter uma boa imagem diante dos clientes.

 

E lembre-se de que a inadimplência pode ser resultado de vários fatores, que variam desde o esquecimento do prazo até a falta de organização financeira (o que justifica a falta de dinheiro), e, por isso, precisam ser levados em consideração na hora da negociação.

 

Outro fator importante é a necessidade de se ter uma equipe especializada nesse assunto para que o processo seja realizado adequadamente — sem ser abusivo para o cliente e respeitando o que é estabelecido por lei.

 

Por isso, é importante sempre atualizar sua equipe de cobrança, caso tenha, com as melhores práticas do mercado ou, o que é ainda melhor, terceirizar a cobrança, deixando que uma empresa especializada se encarregue dessa tarefa, pois ela utiliza técnicas diferentes das utilizadas pela cobrança simples. Como resultado, a energia da sua equipe pode ser totalmente focada na atividade-fim do negócio.

Dicas para fazer a cobrança de clientes inadimplentes

Mas a dúvida que continua é: como cobrar corretamente uma dívida, garantindo que o pagamento seja efetuado, mas sem constranger o inadimplente? Para ajudá-lo com esse desafio, listamos algumas dicas essenciais para que as chances dessa negociação ter sucesso sejam maiores:

Conheça quem são os inadimplentes

O primeiro passo para fazer uma cobrança adequada é conhecer quem são os clientes que estão devendo, pois cada um deles vai exigir abordagem e argumentos diferentes. Afinal, quem deve há 15 dias precisa ser tratado de forma diferente de quem deve há meses, concorda?

 

Com isso, é importante que a equipe de cobrança gere periodicamente relatórios com a lista daqueles que estão devendo para que uma estratégia de cobrança possa ser elaborada.

Mantenha o cliente informado

Após ter a lista dos devedores, é preciso entrar em contato com eles. Uma forma eficaz  é enviar lembretes sobre o vencimento do pagamento por e-mails ou mesmo por SMS ou por WhatsApp. Obviamente essa ação precisa ser realizada de forma moderada e com bom senso, evitando que sua empresa se torne inconveniente e tenha dores de cabeça no futuro.

 

Estimule o cliente a entrar em contato com sua equipe caso tenha problemas, mostrando que existe a opção de negociar e que você está disposto a  conversar com ele para encontrar a melhor solução para os dois lados.

Ofereça opções viáveis

Qualquer cobrança deve partir do princípio de que você quer receber o valor a que tem direito e o cliente, pagá-lo. Então é essencial apresentar alternativas viáveis para que a dívida seja quitada. E o que isso significa exatamente? Oferecer descontos se o valor for quitado à vista, redução de juros, parcelas que caibam no bolso dele e assim por diante. Tudo vai depender do que for melhor em cada situação.

Cobrança terceirizada: a solução ideal para sua empresa

Bom, já comentamos aqui no blog sobre como a cobrança terceirizada é uma opção bastante benéfica para as empresas, e existem vários motivos para isso. Um deles é deixar essa tarefa tão delicada nas mãos de profissionais que estão preparados para enfrentar situações adversas e conhecem as melhores técnicas de abordagem, considerando o caso de cada um.

 

Com isso, não há um desgaste no relacionamento com o cliente e as chances de quebra de contrato são menores.

 

Isso é possível porque o foco da cobrança terceirizada é a negociação. Assim, os profissionais vão avaliar a situação do devedor para oferecer propostas que estejam de acordo com as suas necessidades — e, claro, com as dos inadimplentes também. O resultado é que todos saem satisfeitos! Sua empresa tem mais chances de receber o valor devido e ainda sai com a imagem fortalecida.

 

Sem falar na economia que você vai ter, pois ao contratar esse tipo de serviço não será mais necessário manter uma equipe dentro da própria empresa especificamente para esse fim, além de todos os gastos relacionados a ela, desde o pagamento de salários e benefícios até a realização de cursos e treinamentos.

 

Por isso, considere essa alternativa e procure um parceiro para  sua empresa. Mas não se esqueça de que é importante avaliar a qualificação de quem oferece esse serviço para que os resultados sejam realmente positivos.

 

Esperamos que este artigo tenha sido esclarecedor. Caso você queira conhecer soluções financeiras inteligentes capazes de auxiliá-lo nessa etapa de contratar uma boa fornecedora de cobrança empresarial, entre em contato com a Valorem e conheça o que podemos oferecer à sua empresa.

 

Comente