Meios Eletrônicos de Pagamento

Cartões de débito e crédito: entenda porque são importantes para os negócios

Por 5 de outubro de 2018outubro 11th, 2018Sem comentários

Pode até ser que você ainda seja daquelas pessoas desconfiadas, que têm dúvidas sobre a relação custo-benefício dos meios eletrônicos de pagamento e, por isso, não consegue se relacionar amistosamente com outras formas de pagamento que não o dinheiro vivo. Mas é fato que a utilização dos cartões de débito e crédito ― ou mesmo de formas mais modernas, como os aplicativos e pulseiras ― têm crescido e se popularizado.

Se antigamente aceitar cartão era coisa de grandes lojas, hoje em dia autônomos, profissionais liberais e até mesmo vendedores de rua já reconhecem a importância de oferecer aos seus clientes a possibilidade do pagamento com cartões de débito e crédito.

Os números sobre os cartões de débito e crédito

Embora o número de vendas pela internet aumente a cada ano e o pagamento por meio de aplicativos esteja começando a ganhar espaço, os meios eletrônicos de pagamento mais utilizados pelos brasileiros ainda são os cartões de débito e crédito.

Segundo o estudo mais recente e amplo da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), 53% dos pagamentos são realizados com cartão. Somente em 2014, estas transações movimentaram cerca de R$ 455 bilhões, o que representa um crescimento de 16,3% em relação a 2013.

O que isso nos mostra é muito claro: quem não aceita cartões de crédito e débito está perdendo vendas e, consequentemente, dinheiro. Ao mesmo tempo que nas vendas on-line os cartões garantem maior segurança e praticidade, nas lojas físicas eles oferecem mais segurança, pois permitem ao consumidor não ficar andando com dinheiro na carteira. Além, é claro, de garantir uma variedade maior de formas de pagamento, bem como de parcelamentos.

Mas os benefícios não ficam só do lado do consumidor. Com os pagamentos realizados por meio dos cartões, os empreendedores têm mais facilidade na gestão do caixa e mais segurança no recebimento dos valores das vendas efetuadas, já que são os bancos que liberam o crédito, autorizam a venda e realizam os repasses de dinheiro, sendo os responsáveis pela liquidação da dívida. Dessa maneira, o risco de inadimplência que existe com os cheques e o crediário próprio diminuem drasticamente.

Os diferentes tipos de máquinas de cartão

Para aproveitar esses benefícios, o seu negócio precisa contar com diferentes tipos de máquinas de cartão. Existem modelos para empresas de todos os tamanhos, com diferentes necessidades. Basicamente, os mais comercializados dividem-se em quatro tipos, com pequenas variações:

  • PIN PAD: ligada à rede elétrica e telefônica, recebe cartões com tarja magnética e chip, conectada ao PDV usando a tecnologia TEF;
  • MPOS com app no celular: para funcionar, depende da conexão com um smartphone ou tablet, geralmente por meio da tecnologia bluetooth, e é operada por meio de um aplicativo e aceita apenas cartões com chip e tarja magnética. Trata-se de um aparelho pequeno e flexível que cabe até no bolso. O comprovante, neste caso, pode ser enviado ao cliente por e-mail ou SMS;
  • MPOS com impressão: ela se conecta à internet pela rede wi-fi e possui um chip próprio com pacote de dados, o que torna dispensável o uso do celular para a efetivar a transação. Também se destaca pela mobilidade e aceita tanto cartões com tarja quanto com chip. O comprovante é impresso.
  • MPOS sem impressão: Alia as características dos dois últimos modelos. Ou seja, ela possui um chip e pacote de dados próprio, mas também pode ser conectada ao smartphone ou tablet via bluetooth. É uma versão reduzida da máquina anterior e, por isso, aceita apenas cartões com chip e tarja magnética e o comprovante é enviado por e-mail ou SMS.

Para utilizar uma máquina de cartão, o estabelecimento pode optar por alugá-lo ou adquiri-lo de forma permanente. Cada modelo possui uma forma de aquisição ou aluguel diferenciada, com valores que oscilam bastante de acordo com o fluxo de vendas que tem e a necessidade de quem busca por este serviço.

Independentemente de qual delas você escolher, o mais importante é que a decisão seja feita baseando-se nas características do seu negócio. É bom analisar questões como a mobilidade, no caso de entregas a domicílio, além de optar por taxas ou mensalidades que sejam compatíveis com seu faturamento e com o perfil de seus clientes. Isso tudo, claro, lembrando de estar atento às tecnologias que surgem a todo momento e que podem ajudar a otimizar o seu negócio.

A ValoremPay oferece os quatro modelos de máquinas de cartão que apresentamos aqui. As taxas são muito competitivas em relação às alternativas existentes no mercado. O atendimento é realizado por nós mesmos e assistência técnica é bastante ágil e qualificada. Nossa preocupação é garantir uma nova experiência de relacionamento com meios eletrônicos de pagamento para que a sua empresa não abra mão da tecnologia e nem mesmo da tranquilidade no gerenciamento do seu negócio.

Fale com a gente, conheça nossos serviços e veja por que podemos oferecer a melhor solução para aliar facilidade para seus clientes, benefícios para o seu negócio, tecnologia no recebimento das suas vendas, valores justos para a prestação de serviço e um atendimento incomparável. Se tiver restado alguma dúvida, aproveite o espaço abaixo para deixar seu comentário!

Comente